fbpx
Select Page
Mundo

Morre assassinada por namorado possessivo

Jovem colombiana tinha ido para os EUA à procura de uma vida melhor.

13 Agosto, 2019 - 12:40

Virginia Galván

Karen Bermudez-Rodriguez mudou-se da Colômbia para Nova Jérsia em abril de 2018.

A jovem de 26 anos deixou para trás uma relação com casamento marcado para ir ao encontro daquilo que julgava ser uma vida melhor.

Começou a trabalhar como ama e ficou a viver em casa de uma família, onde tomava conta de duas crianças.

Tudo correria bem até conhecer Joseph Porter, com quem iniciou uma relação marcada por ciúmes e possessividade.

O The New York Times escreve que Joseph controlava o telemóvel de Karen, não a deixava ver os amigos e terá mesmo chegado a ser violento.

No início deste mês, Karen terá dito a Joseph que queria colocar um ponto final na relação e pediu–lhe de volta a chave da casa onde vivia e trabalhava.

A 3 de agosto, Joseph entrou na moradia e esfaqueou mortalmente o dono da casa, David Kimowitz.

Depois prendeu os pulsos de Karen com fita cola, mas ela conseguiu fugir para a rua. Acabou por ser apanhada e também esfaqueada té à morte.

Joseph Porter foi detido no dia seguinte e vai ser presente a juiz na quinta-feira, acusado de duplo homicídio.

PUB

Últimas

SHARE RECORD TV MAGAZINE

Record TV Europa