fbpx
Select Page
PUB

Mundo

Morre de cancro após tratamentos serem interrompidos devido à pandemia

Mulher, de 27 anos, sofria de um cancro cervical.

9 Abril, 2021 - 14:22

Daniela Carrilho

Lizzy Evans, natural do País de Gales, morreu vítima da doença depois dos exames terem sido sucessivamente adiados devido à pandemia de covid-19.

A mulher tinha sido diagnosticada com o cancro quando estava grávida do quarto filho. Depois do parto, começou a sentir fortes dores nas costas, ombros, pescoço e costelas.

No entanto, os médicos indicaram que os sintomas se deviam aos tratamentos e deveria tratar-se de uma menopausa precoce.

Entretanto, depois de conseguir realizar alguns exames, o resultado confirmou o pior. O cancro ter-se-ia espalhado pelos pulmões, cérebro e coluna vertebral, estando em fase terminal.

A mulher acabou por morrer no passado dia 31 de março. Deixou quatro filhos – de nove, oito, dois e um ano.

PUB

Últimas

PUB

Slide

SHARE RECORD TV MAGAZINE

Record TV Europa