fbpx
Select Page
Mundo

Morreu o pediatra que receitava sorrisos

Médico conhecido como "o Capitão Óptimista" foi vítima de cancro.

10 Abril, 2019 - 14:10

Virginia Galván

Antonio Javier Cepillo Boluda, médico no Hospital Universitario de Albacete, em Espanha, perdeu a batalha contra o cancro, aos 36 anos.

A vida pregou-lhe uma rasteira e durante o terceiro ano de formação como médico foi-lhe detetado o cancro. Antonio disse que foi assim que aprendeu na primeira pessoa como um médico não deve tratar os seus pacientes. Durante os anos seguintes, o médico deu o seu melhor para inspirar as pessoas à sua volta.

Conhecido no hospital como “o Capitão Óptimista”, o pediatra receitava “sorrisos e otimismo” e contagiava os pacientes com alegria.

Antonio queria humanizar o cancro e criou uma banda na Unidade de Oncologia Pediátrica, os Los Guachis, onde ele próprio era flautista.

A Ordem dos Médicos confirma “a perda de um grande amigo” e revela que em poucas horas mais de cinco mil pessoas assinaram uma petição para mudar o nome do hospital para Hospital Universitário Antonio Cepillo.

“Amigo, capitão, a tua luta, generosidade, bondade, altruísmo e dedicação foram e serão um exemplo para todos nós. Um beijo muito forte para a família e amigos, descansa em paz, Cepi”, escreveu futebolista Andrés Iniesta no Instagram. Antonio Boluda e Iniesta foram colegas de equipa no Albacete Balompié.

Advertisements

Últimas

SHARE RECORD TV MAGAZINE

Receba a nossa Newsletter

Record TV Europa