fbpx
Select Page
Mundo

Mulher atira filho bebé contra polícia

Agente sofreu lesão grave e ficou com sequelas para a vida.

3 Dezembro, 2019 - 10:59

Virginia Galván

Uma mulher, de 24 anos, atirou o filho bebé contra um agente da polícia, no Hospital Hull Royal, no Reino Unido.

Kirsty Bearfield estava no hospital com os dois filhos e uma assistente social, após o filho mais velho ter sofrido uma lesão que aparentava não ser acidental. Quando foi informada pelo agente de que o filho não iria ficar com ela naquela noite, Kirsty atirou-lhe a criança violentamente.

O polícia desviou a cabeça para que a nuca do bebé de 13 quilos não lhe embatesse no rosto, mas acabou por sofrer uma grave lesão muscular.

O agente teve de ser operado, primeiramente devido a um nervo preso na coluna, que lhe poderia ter paralisado um braço. Como as dores persistiam, realizou uma segunda cirurgia ao ombro esquerdo, ficando com sequelas para o resto da vida.

O polícia viu-se obrigado a deixar de fazer escalada, natação e caminhadas e tem dificuldades em tarefas simples como vestir-se ou secar o cabelo. No trabalho ficou restrito a determinadas funções.

Após ter sido presente a juiz, Kirsty Bearfield ficou em liberdade.

Últimas

SHARE RECORD TV MAGAZINE

Record TV Europa