fbpx
Select Page
Mundo

Nova Zelândia proíbe armas semiautomáticas

Primeira-ministra neozelandesa cumpriu a promessa e anunciou a proibição de venda ao público de armas de assalto e semiautomáticas.

21 Março, 2019 - 13:59

Diana Rosa Rodrigues
REUTERS/Edgar Su

Além da venda deste tipo de armas foi ainda proibida a venda de outro material, como carregadores de elevada capacidade e outros dispositivos que permitam disparos de cadência rápida.

O anúncio foi feito hoje pela primeira-ministra Jacinda Ardern, que espera que a nova legislação entre em vigor já a partir de 11 de abril.

“A nossa história mudou para sempre. Agora, as nossas leis também irão mudar”, afirmou.

As novas medidas surgem após o atentado terrorista em Christchurch, na passada sexta-feira, que fez 50 mortos. O atirador usou armas de fogo semiautomáticas para perpetrar o ataque, tendo adquirido todo o equipamento numa loja de armamento no país.

As leis na Nova Zelândia permitiam a aquisição de armas de fogo a partir dos 16 anos e de armas semiautomáticas e de guerra a partir dos 18.

Últimas

SHARE RECORD TV MAGAZINE

Receba a nossa Newsletter

Record TV Europa