Pequeno génio: Menino de 2 anos capaz de ler e contar até 100 em diferentes línguas

Pequeno génio: Menino de 2 anos capaz de ler e contar até 100 em diferentes línguas
DR
PUB

Criança tornou-se membro da Mensa após obter uma pontuação de 139 num teste para quantificar o seu QI.

Com apenas dois anos, Teddy Hobbs aprendeu a ler sozinho e a contar até 100, em seis idiomas, onde se incluem inglês, mandarim, galês, francês, espanhol e alemão.  

“Antes dos dois anos ele já contava até 100, em inglês. Eu apenas assumi que cada criança tem a sua própria peculiaridade, cada criança desenvolve-se um pouco mais rápido numa coisa que as outras. Nós apenas assumimos que aquela era coisa dele e que estava tudo bem” explicou a mão da criança, Beth Hobbs.

Teddy era capaz de aprender enquanto via televisão e enquanto brincava com um tablet. Os pais do menino não faziam a ideia de que tinham um filho sobredotado. Os sinais, estavam lá, exacerbados principalmente durante o confinamento da pandemia.

“Ele só queria ver programas mais educativos. E, como mãe, pensei, pronto, ele quer educação, força. Lembro-me de enviar mensagens para outras pessoas no nosso grupo do WhatsApp, do género: o vosso filho também está a fazer isto? E todos responderam ‘não’”, afirmou a mãe da criança.

Foi então que pediram ajuda com Teddy a realizar um teste de quoficiente de inteligência, alcançando 139 de pontuação, um valor acima de cerca de 98 por cento da população. Einstein e Stephen Hawking alcançaram 160 no mesmo teste.

Aos três anos Teddy ingressou na Mensa tornando-se no mais jovem membro a entrar na conhecida organização internacional exclusiva para pessoas sobredotadas.

Apesar das suas capacidades, os pais querem mantê-lo humilde e evitar que desenvolva algum tipo de complexo de superioridade.