Portuguesa morta e desmembrada em França

Portuguesa morta e desmembrada em França

Corpo encontrava-se decapitado e desmembrado e a cabeça não foi encontrada.

Foi identificada pelas autoridades a mulher encontrada decapitada e desmembrada em Mont- Saint-Martin, comuna francesa junto à fronteira com o Luxemburgo.

É uma portuguesa, de 40 anos, natural de Vila do Conde, que residia no Luxemburgo. Diana Santos foi encontrada morta por um adolescente, a 19 de setembro, junto a um edifício abandonado.

A vítima foi identificada por familiares, que reconheceram as tatuagens. A autópsia não revelou ferimentos de bala nem de abuso sexual.

O corpo encontrava-se decapitado e desmembrado e a cabeça não foi encontrada.

As autoridades francesas e luxemburguesa estão a investigar em conjunto o macabro crime.

A cerca de 50 quilómetros do local onde Diana foi encontrada, foi descoberto outro cadáver decapitado, no entanto não há, por agora, qualquer ligação entre os dois corpos.