fbpx
Select Page
Mundo

Professor morre a levar comida para comunidade isolada em Baguia

Vítima tentava acudir às necessidades da população afetada pelo mau tempo em Timor-Leste.

6 Abril, 2021 - 14:38

Inês Amado
António Sampaio/ Lusa

Um professor que transportava comida para uma comunidade isolada na zona de Baguia, a sul da cidade timorense de Baucau, perdeu a vida ontem na sequência da queda de uma ponte.

“A população está sem comida e com muitos problemas e um dos nossos professores foi a Baucau buscar comida”, explicou a presidente da Fundação Ho Musan Ida, em Baguia, Leopoldina Guterres.

“Ele estava a atravessar uma ponte pequena aqui em Samalari que se abateu e ele foi arrastado no carro”, contou a mesma responsável.

A vítima, que tentava acudir às necessidades da população afetada pelo mau tempo, é um docente da Escola EBC São José de Baguia, localizada a cerca de dez quilómetros a sul de Baucau, a segunda cidade de Timor que é precisamente um dos municípios sob cerca sanitária e confinamento obrigatório devido à pandemia.

“A população já estava a passar muito mau bocado devido ao confinamento, com carências alimentares. Havia problemas alimentares e as necessidades básicas estavam a faltar a muitos dos habitantes”, disse Leopoldina Guterres.

“A situação já era muito dramática, mas só ficou mais complicada devido à chuva. Estamos com chuva e vento forte durante sete dias. A água alagou os campos de cultivo, destruindo muita da produção e as pessoas não conseguem sequer apanhar lenha para cozinhar”, contou.

PUB

Últimas

PUB

Slide

SHARE RECORD TV MAGAZINE

Record TV Europa