fbpx
Select Page
Mundo

Prostituem-se por 90 cêntimos para não morrerem de fome

Meninas ganham dinheiro para alimentar as famílias, em Angola.

13 Fevereiro, 2020 - 15:15

Daniela Carrilho

O Observatório Mundial para Emergências em Angola avança que as jovens, entre os 12 e os 17 anos, ganham cerca de 500 kwanzas, cerca de 93 cêntimos, por terem relações sexuais.

Este dinheiro é suficiente para comprar um quilo de feijão ou dois quilos de milho.

A crise de fome, que se instalou em África e já atingiu cerca de 45 milhões de pessoas, também terá contribuído para o aumento de casos de rapto e casamento infantil.

De forma a ganhar dinheiro para sobreviver, as famílias são obrigadas a casar as meninas mais cedo e, desta forma, ter menos uma pessoa para alimentar.

Algumas regiões do continente africano estão a atravessar um dos mais duros períodos de seca dos últimos quatro anos. Por isso, produtos básicos quase que duplicaram de preço desde o ano passado.

Últimas

SHARE RECORD TV MAGAZINE

Record TV Europa