Putin pede desculpa por comentários de Lavrov

Putin felicita Orbán pela vitória nas legislativas
PUB
Leaderboard - Pub CTT Western Union

Presidente russo falou ao telefone com Naftali Bennett pelos comentários sobre Hitler ter “sangue judeu”.

O anúncio foi feito esta tarde pelo gabinete do primeiro-ministro israelita. Vladimir Putin pediu desculpa pelos comentários incendiários do ministro dos Negócios Estrangeiros da Rússia Sergei Lavrov.

“O primeiro-ministro [israelita] aceitou o pedido de desculpas de Putin sobre as declarações de Lavrov e agradeceu-lhe por clarificar a sua atitude ao povo judeu e à memória do Holocausto” é possível ler-se no Twitter.

O primeiro-ministro israelita aceitou o pedido de desculpas e agradeceu a Vladimir Putin por ter clarificado toda a polémica. 

Numa entrevista a um canal italiano, Lavrov falou que Hitler “tinha sangue judeu”, comparando-o a Volodymyr Zelensky e que “os maiores antissemitas são os próprios judeus”, declarações que marcaram um dos principais incidentes diplomáticos entre os dois países. Israel exigiu mesmo um pedido de desculpas oficial por parte de Moscovo.