fbpx
Select Page
Mundo

Quer que lhe retirem as filhas porque já não as ama

Mulher diz não ter paciência e sentir medo das próprias filhas, de 14 e 16 anos.

6 Março, 2019 - 10:21

Daniela Carrilho

Tammy, que vive em Nova Gales do Sul, na Austrália, diz estar a viver diariamente num inferno.

De acordo com a imprensa local, a mulher pediu às autoridades para que lhe retirem as filhas, Hillary e Sophie, uma vez que já não nutre sentimentos bons por elas e só quer fechá-las no quarto.

“Já não existe amor. Não as amo. Elas são desagradáveis. Não as amo porque são as pessoas que são (…) Levem-nas, levem-nas. A minha paciência chegou ao fim”, afirmou Tammy.

Esta mãe filmou o comportamento das filhas e entregou as imagens às autoridades.

Por sua vez, as jovens, de 14 e 16 anos, consideram que é a mãe quem tem comportamentos inadequados com elas.

Advertisements

Últimas

SHARE RECORD TV MAGAZINE

Receba a nossa Newsletter

Record TV Europa