Recém-nascido agredido até à morte no Brasil

Atiram filha de meses para o esgoto na Índia
PUB

Bebé de dois meses tinha oito costelas partidas, marcas de mordidelas e terá sido alvo de abusos sexuais.

Um recém-nascido foi agredido até à morte, pela mãe e pelo padrasto, em São Paulo, no Brasil.

O bebé de dois meses tinha oito costelas partidas, marcas de mordidelas no corpo e terá sido vítima de abusos sexuais.

No hospital, os médicos verificaram que o bebé estava morto.

Mãe e padrasto foram detidos e apresentaram versões diferentes do ocorrido.

A Polícia Militar está a investigar.