fbpx
Select Page
Mundo

Sobrevive após coração parar durante seis horas

Mulher sofreu hipotermia grave quando foi surpreendida por uma tempestade nos Pirinéus.

6 Dezembro, 2019 - 16:03

Daniela Carrilho

A alpinista, residente em Barcelona há dois anos, foi resgatada pelos bombeiros a 3 de novembro.

Audrey Mash estava inconsciente e com uma temperatura corporal de apenas 18 graus, ou seja, num estado de hipotermia muito grave.

Já no hospital Vall d’Hebron, em Barcelona, e devido ao estado crítico da mulher, a equipa médica decidiu “aplicar um dispositivo que permite que a função cardíaca seja fornecida através de um sistema que oxigena o sangue fora do corpo e o devolve após controlar a sua temperatura com um circuito de água”.

“É um caso excepcional no mundo: a paragem cardíaca mais comprida documentada em Espanha”, disse o médico responsável.

O coração da vítima voltou a bater depois de mais de seis horas. A paciente não sofreu qualquer sequela.

Últimas

SHARE RECORD TV MAGAZINE

Record TV Europa