fbpx
Select Page
Mundo

Suécia reabre caso de alegada violação contra Assange

O anúncio foi feito pela procuradoria do país.

13 Maio, 2019 - 11:06

Liliana Gomes
REUTERS/Henry Nicholls

A decisão surge após a detenção de Julian Assange.

A investigação ao caso tinha sido suspensa em 2017 por os investigadores considerarem que o facto do fundador do Wikileaks estar asilado na embaixada do Equador em Londres não permitir o avanço da mesma.

No mês passado, Assange foi retirado da embaixada do Equador e detido, estando atualmente no Reino Unido a cumprir uma pena de 50 semanas de prisão por ter violado as condições da liberdade condicional.

Sob Assange está ainda pendente um pedido de extradição para os Estados Unidos pelo crime de conspiração, mandado que poderá tornar-se agora mais complicado de se executar.

Últimas

SHARE RECORD TV MAGAZINE

Receba a nossa Newsletter

Record TV Europa