fbpx
Select Page
Mundo

Tumor obriga mulher a amputar orelha

Cancro afetou nódulos linfáticos, o osso temporal e as glândulas salivares.

9 Fevereiro, 2019 - 15:07

Virginia Galván

Anthea Smith desenvolveu cancro na orelha, após cinco anos a pensar que se tratava de uma simples verruga.

A britânica, de Winstanley, começou por notar um alto na orelha, que os médicos disseram tratar-se de um sinal.

O sinal acabou por se transformar numa verruga que sangrava e Anthea consultou uma dermatologista, que a reencaminhou para cirurgia plástica.

Os médicos enviaram uma amostra do sinal para biopsia e, cinco anos após o primeiro diagnóstico, Anthea descobriu que tinha cancro, sendo obrigada a amputar a orelha.

O tumor afetou-lhe os nódulos linfáticos, o osso temporal e as glândulas salivares.

Anthea acredita que frequentar solários desde os 14 anos de idade poderá ter contribuído para o desenvolvimento do tumor e quer banir os solários do Reino Unido.

Advertisements

Últimas

SHARE RECORD TV MAGAZINE

Receba a nossa Newsletter

Record TV Europa