Ucrânia: Tropas russas avançam em Donetsk

Ucrânia: Tropas russas avançam em Donetsk
REUTERS/Gleb Garanich

Na Ucrânia, as tropas russas continuam a fazer pequenos avanços em Donetsk. 80% da população ucraniana já abandonou esta região do Donbass.

O Donbass continua a ser o foco da invasão da russa. Depois da conquista de Lughansk, os esforços de Moscovo estão centrados em Donetsk onde as tropas russas continuam a fazer pequenos avanços na região. Slovyansk e Kramatorsk são as cidades que estão a sofrer maior pressão.

A população tem tentado fugir aos ataques e cerca de 80% já saiu de Donetsk mas ainda permanecem 340 mil pessoas na região.

“Não tenho para onde sair, não tenho dinheiro.  Estamos aqui na fila de ajuda humanitária porque não há mais empregos. Não temos rendimentos para sobreviver”, explica Lena Ravlis, uma moradora. “Não tenho para onde ir e também não quero. Só fazia sentido ir se eu pudesse trabalhar”, conta Valerii Ilchenko, na mesma situação.

O número de mortos no ataque russo a um edifício residencial em Chasiv Yar no fim de semana, subiu para 34, segundo um novo balanço divulgado pelas autoridades ucranianas. O ataque ocorreu no sábado à noite e atingiu um edifício residencial de cinco andares.

Fora do Donbass, os ataques também continuam. Em Kherson, sete pessoas morreram e 60 ficaram feridas depois de um ataque. Ainda no sul da Ucrânia, Mykolaiv também foi bombardeada. Os mísseis russos terão atingido dois edifícios médicos e prédios residenciais. 12 pessoas ficaram feridas.

Hoje foram revelados novos números de vidas perdidas nesta guerra. 348 crianças morreram e outras 650 ficaram feridas, desde 24 de fevereiro.