União Europeia recebeu em julho 66.545 novos pedidos de asilo

União Europeia recebeu em julho 66.545 novos pedidos de asilo
REUTERS
PUB

Os novos pedidos de asilo somaram, em julho, 66.545 na União Europeia (UE), um aumento homólogo de 49 por cento, mas uma ligeira subida mensal de 0,4%, segundo dados divulgados pelo Eurostat.

Em julho de 2021, o número de primeiros pedidos de asilo apresentados por cidadãos de fora da UE num dos 27 Estados-membros foi de 44.760 e em junho de 2022 de 66.280, indica o serviço estatístico europeu.

Em julho foram ainda apresentados 5.860 requerimentos subsequentes — pessoas que voltaram a pedir asilo após uma decisão negativa -, o que representa uma subida de 02% face a julho de 2021 e um recuo de 07% na variação homóloga.

O maior número de novos requerentes de asilo, em julho, foi apresentado por nacionais sírios (9.010), seguindo-se afegãos (8.150), venezuelanos (3.665), paquistaneses (3.555) e colombianos (3.505).

A Alemanha (14.095 — 21% do total da UE), França (10.890 — 16%), Áustria (10.625 — 16%), Espanha (8.745 — 13%) e Itália (5.105 — 8%) representam 74% de todos os novos pedidos apresentados.