fbpx
Select Page
Mundo

Viveram fechados em apartamento com cadáveres dos pais

Causa da morte do casal permanece envolta em mistério.

27 Outubro, 2020 - 11:17

Daniela Carrilho

Duas crianças foram obrigadas a viver com os corpos dos pais durante três dias.

O incidente ocorreu em Bolshoye Kuzomkino, na Rússia.

Viktoria e Alexander foram encontrados mortos dentro de casa por um familiar, depois do casal e os filhos não comparecerem a um evento.

A imprensa russa avança que Natalya, irmã de Alexander, telefonou para a casa das vítimas e falou com uma das crianças, que disse que os pais dormiam há muito tempo e o pai “ficou negro”.

Quando chegou e se deparou com o casal já sem vida, deitado na cama, alertou os serviços de emergência.

A tia dos menores conduziu-os para o exterior do apartamento.

A causa da morte do casal permanece envolta em mistério. Contudo, as autoridades acreditam que uma garrafa de picles pode estar na origem da intoxicação fatal.

As vítimas podem ter ingerido toxinas botulínicas, uma neurotoxina encontrada, por exemplo, em garrafas mal fechadas de picles.

Últimas

SHARE RECORD TV MAGAZINE

Record TV Europa