Ateou incêndio que matou a mãe

Funcionário abusava de crianças na escola em Alfândega da Fé
PJ

Homem foi detido pela Polícia Judiciária, no Porto.

Um homem, de 36 anos, pegou fogo à própria casa, na madrugada de ontem, o que provocou a morte da mãe, no Porto.

O suspeito ateou o fogo com um isqueiro, “num quadro de violência doméstica” contra a progenitora, de 68 anos, que estava a dormir no sótão.

O homem foi hoje detido pela Polícia Judiciária e indiciado pela autoria de um crime de incêndio urbano e de um crime de homicídio qualificado na forma consumada.

Vai ser presente a tribunal para primeiro interrogatório judicial e aplicação das medidas de coação.