fbpx
Select Page
Portugal

Baixas temperaturas geram queda de neve nos Açores

As baixas temperaturas que se fazem sentir nos Açores provocaram queda de neve no grupo Ocidental do arquipélago dos Açores, Flores e Corvo, um fenómeno pouco frequente nas ilhas.

22 Fevereiro, 2019 - 09:27

Record TV com Lusa
Facebook

Na mais pequena ilha do arquipélago, com cerca de 430 habitantes, o Corvo, no Caldeirão, a 650 metros de altitude, foi um dos locais mais procurados pelas pessoas para observar a queda de neve, informou o presidente da câmara, José Manuel Silva.

O autarca adiantou que habitantes aproveitaram para registar o momento em fotografia e vídeo, que partilharem nas redes sociais.

Também na ilha das Flores a neve fez-se sentir no lugar do Morro Alto, referiu o vice-comandante dos Bombeiros Voluntários de Santa Cruz, Aníbal Lopes.

Apesar de pouco frequente, a queda de neve é um fenómeno que ocorre nos Açores. Na montanha da ilha do Pico, a 2.351 metros, o ponto mais alto do país, a neve é visível todos os invernos.

Os Açores estão a registar temperaturas anormalmente baixas na sequência da passagem de uma superfície frontal fria associada à depressão Júlia.

Entretanto, a depressão Kyllian deverá atingir os Açores no sábado, prevendo-se um aumento significativo da intensidade do vento e da agitação marítima, anunciou hoje Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

Em comunicado, o IPMA explica que “a aproximação de uma depressão cavada e a passagem de uma superfície frontal fria com atividade forte provocará um agravamento do estado do tempo”.

O grupo Ocidental vai estar sob aviso vermelho entre as 12:00 e as 18:00 de sábado, devido a agitação marítima, e sob aviso laranja o resto dia (das 00:00 às 12:00 e das 18:00 às 24:00), pelo mesmo motivo.

As duas ilhas estarão ainda sob aviso laranja entre as 03:00 e as 12:00 de sábado, mas devido ao vento.

“É esperado, para o grupo Ocidental na tarde de sábado vento médio de sul muito forte a rodar para sudoeste com rajadas da ordem dos 130 km/h; preveem-se ainda ondas oeste de 7 a 8 metros tornando-se sudoeste de 10 a 11 metros”, explica a meteorologista Patrícia Navarro, da delegação do IPMA nos Açores, citada num comunicado.

Últimas

SHARE RECORD TV MAGAZINE

Receba a nossa Newsletter

Record TV Europa