Bloco apela a Marcelo que não vá ao Qatar

Catarina Martins:

Presidente disse que “Qatar não respeita os direitos humanos”, mas vai assistir ao Portugal-Gana.

A coordenadora do Bloco de Esquerda apelou hoje ao Presidente da República para não ir ao Qatar, onde decorrerá o Mundial de Futebol, lembrando que “não se pode esquecer” as condições dos trabalhadores que montaram as estruturas do evento.

“Não podemos esquecer as condições dos trabalhadores”, afirmou Catarina Martins quando questionada hoje, em Lisboa, pelo jornalistas sobre as declarações do Presidente da República na quinta-feira.

Após o jogo entre Portugal e a Nigéria, Marcelo Rebelo de Sousa, disse que “o Qatar não respeita os direitos humanos”, mas que vai assistir ao Portugal-Gana, em 24 de novembro.

“O Qatar não respeita os direitos humanos. Toda a construção dos estádios e tal…, mas, enfim, esqueçamos isto. É criticável, mas concentremo-nos na equipa. Começámos muito bem e terminámos em cheio”, disse o Presidente, após a vitória de Portugal.

Depois do apelo a Marcelo Rebelo de Sousa, Catarina Martins lembrou que durante a construção das estruturas que vão receber o Mundial de Futebol mais de 6.500 pessoas morreram.