Bloco de partos de Portimão reabriu às 09:00

Urgência de obstetrícia do Hospital de Braga volta a encerrar
Pexels/ Jonathan-borba
PUB
Leaderboard - Pub CTT Western Union

Esteve encerrado desde as 21:00 de domingo.

O bloco de partos do Hospital de Portimão retomou às 09:00 de hoje o funcionamento normal, depois de ter estado encerrado desde as 21:00 de domingo, disse à Lusa fonte hospitalar.

Em declarações à Lusa, fonte do Centro Hospitalar Universitário do Algarve (CHUA), disse que o bloco de partos do Hospital de Portimão reabriu hoje às 09:00, como previsto, estando a “funcionar normalmente”.

Aquele serviço da unidade hospitalar de Portimão encerrou às 21:00 de domingo, tendo as grávidas a partir das 22 semanas de gestação ou que necessitassem de cuidados especiais sido encaminhadas para o Hospital de Faro.

O bloco de partos esteve encerrado devido à dificuldade em assegurar a escala de Pediatria, motivada pela falta de médicos pediatras.

A falta de especialistas condicionou também o funcionamento das urgências de Ginecologia e Obstetrícia da unidade de Portimão, que funcionaram durante aquele período de 12 horas, apenas para grávidas até às 22 semanas, que retomaram também hoje o seu funcionamento normal, referiu a mesma fonte.

Em declarações à agência Lusa no domingo, o administrador do CHUA, Paulo Neves, disse que o encerramento do bloco de partos da unidade de Portimão conduziu à entrada no nível 2 de contingência, segundo a orientação da Comissão de Acompanhamento.

A falta de pediatras tem afetado as escalas de serviços nas unidades hospitalares do Algarve, obrigando ao encerramento, por diversos períodos durante o verão, do bloco de partos de Portimão, bem como das urgências de Ginecologia e Obstetrícia.

Nos últimos três meses, serviços de urgência de diversas especialidades e blocos de partos de vários hospitais do país tiveram de encerrar por determinados períodos ou funcionaram com limitações, devido à dificuldade em completarem as escalas de serviço de médicos especialistas.