fbpx
Select Page
Portugal

Bombeiro de Cabo Ruivo vítima de morte súbita

Bruno Santos tinha 39 anos.

6 Abril, 2021 - 16:25

Daniela Carrilho

Os Bombeiros Voluntários de Cabo Ruivo, em Lisboa, estão de luto pela morte de um dos seus elementos, que perdeu a vida vítima de doença súbita, quando estava de serviço.

“É com muita tristeza que recebemos a notícia do falecimento precoce do nosso camarada Bruno Santos, Bombeiro de 3ª dos Bombeiros Cabo Ruivo. Ficará guardado na nossa memória todos aqueles momentos em que trabalhámos juntos em prol da comunidade. A Associação Humanitária de Bombeiros Voluntários de Camarate manifesta as mais sentidas condolências aos familiares e amigos. Que Deus os conforte neste momento difícil”, escreveu a corporação num comunicado no Facebook.

Bruno Santos, de 39 anos, sentiu dores no peito na noite de domingo, tendo sido socorrido por colegas e transportado para o hospital.  Ao que tudo indica, o bombeiro terá entrado em paragem cardiorrespiratória, que não foi possível reverter. Não resistiu e acabou por morrer.

No último ano, esteve a dar resposta a casos de covid-19 na corporação de Bombeiros de Cabo Ruivo, onde trabalhava desde 1998.

Bruno deixa órfãos dois filhos menores.

PUB

Últimas

PUB

Slide

SHARE RECORD TV MAGAZINE

Record TV Europa