Carregamento de fruta tropical escondia mais de três milhões de doses de cocaína

PJ deteve cinco homens, dois portugueses e três estrangeiros. São suspeitos de integrarem uma organização criminosa que importava cocaína para a Europa.

Carregamento de fruta tropical escondia mais de três milhões de doses de cocaína
Polícia Judiciária

PJ deteve cinco homens, dois portugueses e três estrangeiros. São suspeitos de integrarem uma organização criminosa que importava cocaína para a Europa.

A Unidade Nacional de Combate ao Tráfico de Estupefacientes da Polícia Judiciária com o apoio da Autoridade Tributária e Aduaneira, apreendeu uma elevada quantidade de cocaína.

Em comunicado, a PJ revela que caso a droga chegasse aos circuitos ilícitos de distribuição seria suficiente para a composição de, pelo menos, três milhões e quinhentas mil de doses individuais. O produto estava dissimulado num carregamento de cerca de sete toneladas de fruta tropical proveniente de um país da América Latina que tinha acabado de chegar a Portugal de avião.

No decurso da operação policial foi ainda possível deter cinco homens, dois portugueses e três estrangeiros, com idades compreendidas entre os 28 e os 42 anos. O grupo é suspeito de integrar uma organização criminosa dedicada à importação de grandes quantidades de cocaína para o continente europeu.

Foram ainda apreendidas diversas viaturas, telemóveis, dinheiro em numerário e documentação.

Os arguidos vão ser esta quarta-feira presentes a primeiro interrogatório judicial de arguido detido e aplicação de medidas de coação.

A investigação do caso prossegue.