fbpx
Select Page
Portugal

Dois mortos em descarrilamento de Alfa pendular em Soure

Mortos são trabalhadores das Infraestruturas de Portugal e operadores da máquina que se encontrava na linha ferroviária. Há ainda seis feridos graves.

31 Julho, 2020 - 16:07

Daniela Carrilho | Carla Pereira Dias

De acordo com o Comando Distrital de Operações de Socorro de Coimbra, o alerta para o acidente foi dado pelas 15:30 de hoje.

O comboio Alfa pendular, que fazia a ligação Santa Apolónia, Lisboa – Braga, embateu num veículo de reparação dos caminhos de ferro que se encontrava na linha, na localidade de Casalinhos, em Soure, no distrito de Coimbra.

Ao que a Record TV apurou junto de fonte da Infraestruturas de Portugal, a máquina que estava na via pertence à empresa.

Na sequência do embate, o maquinista e outras duas pessoas ficaram encarcerados. Até ao momento, sabe-se que seguiam 282 pessoas na composição.

A Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil confirma a existência de duas vítimas mortais. Ao que tudo indica os dois mortos são trabalhadores que operavam a máquina que se encontrava na linha.

Segundo a última atualização feita no local pelo Comandante de Operações Distritais de Coimbra, Carlos Luís Tavares, seis feridos estão em estado crítico e cerca de 20 são feridos leves.

Em declarações aos jornalistas, Paula Neto, médica do INEM, esclareceu que um dos feridos graves era o maquinista do comboio. Estava encarcerado e era uma das vítimas que mais inspirava cuidados nas primeiras avaliações no local.

O comboio terá descarrilado cerca de 150 metros.

A Linha do Norte, que faz a ligação Lisboa-Porto, encontra-se cortada nos dois sentidos.

No Teatro das Operações estão 181 operacionais, 72 viaturas e dois meios aéreos, entre bombeiros, equipas do INEM e GNR. Há um Hospital de campanha montado no local.

O ministro das Infraestruturas, Pedro Nuno Santos, já está no local. O ministro escusou comentar as causas do acidente, remetendo as ilações para o inquérito que já foi aberto ao caso.

Marcelo Rebelo de Sousa já lamentou o grave acidente ferroviário em Soure através de uma nota da Presidência da República.

“O Presidente da República lamenta o grave acidente ferroviário desta tarde na Linha do Norte, de cujos detalhes foi informado pelo Ministro das Infraestruturas e da Habitação, Pedro Nuno Santos, apresentando sentidas condolências aos familiares e amigos das vítimas mortais e desejando rápidas melhoras aos numerosos feridos, aguardando os resultados das investigações técnicas e judiciais”, pode ler-se.

 

Também nas redes sociais, o INEM tem atualizado a informação sobre as operações de socorro.

ViajeCaDentro

Últimas

SHARE RECORD TV MAGAZINE

Record TV Europa