Detido em Espanha líder de grupo em fuga há 9 anos

Detido por burla e falsidade informática com dados de cartões de crédito

Cabecilha de um gangue violento fez vários assaltos à mão armada no norte do país.

O grupo violento era conhecido como ‘Gangue das Picaretas’. Em 2006 e 2007 protagonizou vários assaltos à mão armada. As autoridades contabilizam pelo menos 14 roubos a carrinhas de transporte de valores em Guimarães, Paredes, Felgueiras e Cabeceiras de Basto. E tal como o nome que os apelidou, utilizavam picaretas para partirem os vidros das carrinhas, já que eram à prova de bala. 

O gangue era composto por cinco elementos e o cabecilha tinha escapado da mira das autoridades em 2013, quando foi libertado por excesso de prisão preventiva. Estava em fuga desde então.

Apesar da ausência do país, foi entretanto condenado a 3 e 12 anos de prisão por associação criminosa, roubo agravado e detenção de arma ilegal.

Foi apanhado ontem, em Salamanca, Espanha, onde vivia com documentos de identificação falsos.

O rasto do homem de 41 anos estava a ser investigado pela PJ do norte, que em conjunto com a Europol e as autoridades espanholas, conseguiu deter o cabecilha do gangue violento. Será agora presente ao Tribunal de Madrid para ser extraditado para Portugal e, nove anos depois, cumprir as penas de prisão efetiva.