Detido na Suíça foragido por tentativa de homicídio em Penafiel

PJ, Polícia Judiciária, inspetor, crime, investigação, arma de fogo, droga, tráfego

Agrediu duas vítimas com recurso a uma arma branca em contexto de rixa.

Um homem que se encontrava fugido depois de ter sido condenado a mais de cinco anos de prisão, em 2020, por tentativa de homicídio ocorrida, em 2018, em Penafiel, foi detido na Suíça, anunciou hoje a Polícia Judiciária.

Em comunicado, aquela força policial explica que o agora detido, “na sequência de investigação levada a cabo pela PJ e em cumprimento de mandado de detenção europeu”, foi condenado pela “autoria material dos crimes de homicídio na forma tentada e ofensas à integridade física qualificadas”, ocorridos em 2018, num posto de abastecimento de combustíveis em Duas Igrejas, Penafiel, no distrito do Porto.

Segundo a PJ, o arguido, à data com 33 anos, “em contexto de rixa” com outros indivíduos, “agrediu duas vítimas com recurso a uma arma branca, provocando-lhes ferimentos graves e que careceram de intervenção médica urgente”, sendo que, quando presente a juiz, foi-lhe aplicada uma medida de coação não privativa da liberdade.

O suspeito foi julgado e sentenciado a uma pena de prisão de cinco anos e quatro meses em dezembro de 2020, tendo a sentença transitado a 02 de junho de 2021, mas “o arguido não se apresentou para cumprir a pena em que foi condenado, tendo sido emitido o mandado de detenção ora cumprido”.

O detido foi agora ser entregue sob custódia às autoridades nacionais, tendo sido conduzido para o estabelecimento prisional competente.