Detido por burlas “Olá Pai… Olá Mãe”

Burla no WhatsApp “Olá Mãe” chega a Portugal
Envato
PUB

Jovem brasileiro de 25 anos foi detido em Leiria. Ouvido em primeiro interrogatório judicial, o alegado burlão foi deixado em liberdade.

As suspeitas foram levantadas depois de, no espaço de duas semanas sensivelmente, várias vítimas apresentarem queixas na PSP e na GNR.

Em causa uma burla através de mensagens a simular que seria um filho a pedir dinheiro. A informação do esquema e o número de WhatsApp, utilizado foram comunicados à Polícia Judiciária de Leiria. Segundo apurámos junto de fonte ligada à investigação, foi no espaço de horas que o alegado burlão foi identificado pelas autoridades.

Trata-se de um jovem de nacionalidade brasileira. Tem 25 anos e é para já suspeito de pelo menos uma dezena de vítimas na zona de Leiria. Através do esquema de mensagens enviadas pela rede social WhatsApp, o burlão alegava ser filho da vítima e que precisava de dinheiro urgente. Pedia sempre por volta de mil a 2 mil euros, valor elevado que levou a que muitas das vítimas desconfiassem ou não acedessem ao pedido.

 Este tipo de burla já foi identificado pelas autoridades como “Olá mãe ou Olá pai”, está a ser investigada em território nacional desde aproximadamente o início do mês de outubro.

A Polícia Judiciária admite que tem existido um número crescente de denúncias por estas burlas um pouco por todo o país. Só na região da Leiria estão para já detetadas perto de uma dezena de vítimas. As autoridades apelam a que todos, mesmo quem não tenha caído no esquema, denuncie a burla e o burlão.

No comunicado, a PJ reforça o apelo das autoridades para a população em geral não aceder a solicitações de transferências de dinheiro sem antes confirmar que se tratam verdadeiramente dos familiares.

A investigação da PJ prossegue no sentido de encontrar mais vítimas e ligações ao jovem brasileiro. Ouvido em primeiro interrogatório judicial, o alegado burlão foi deixado em liberdade.