fbpx
Select Page
Portugal

Detido por posse de arma de guerra em Cascais

PSP precisou que se trata de uma “pistola-metralhadora de marca UZI, de fabrico israelita”.

7 Junho, 2021 - 18:59

Record TV com Lusa

Um homem de 31 anos foi detido hoje, em Cascais, por posse de uma arma “de guerra com enorme poder de fogo”, anunciou a PSP.

A detenção resultou de uma investigação que decorria há cerca de um mês, por suspeitas de que o homem tinha em sua posse uma arma de guerra, o que se confirmou após a “emissão e cumprimento de um mandado de busca e apreensão domiciliária” emitido pelo Ministério Público, explicou, em declarações à Lusa, o comissário da Divisão Policial de Cascais, João Alves.

Na sequência da busca domiciliária, a PSP apreendeu a pistola-metralhadora da marca UZI e o seu respetivo carregador, uma granada artesanal (um tubo metálico com pólvora de rastilho lento), 47 munições de calibre de nove milímetros, um petardo e uma faca militar.

A PSP apurou também que o detido e a sua companheira encontram-se “em situação irregular em território nacional”, tendo sido notificados pelo Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) para sair do país num prazo de 20 dias, disse o comissário.

O detido, que se encontra indiciado do crime de posse de arma de guerra, sem relação para já com associações ou grupos criminosos, recolheu à sala de detenção da Divisão Policial de Cascais e será, entre o dia de hoje e terça-feira, presente ao Tribunal Judicial da Comarca de Lisboa Oeste, Cascais, para conhecer as medidas de coação.

A ação contou com a intervenção do Comando Metropolitano da PSP de Lisboa, através da Divisão Policial de Cascais, da Unidade Especial de Polícia da PSP e do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras.

PUB

Últimas

SHARE RECORD TV MAGAZINE

Record TV Europa