Encontrado com vida pescador dado como desaparecido na Madeira

Pescador morre em naufrágio no Algarve
(Nuno Pinto Fernandes/Global Imagens)
PUB

Homem de 60 anos desapareceu na terça-feira.

O pescador com 60 anos dado como desaparecido desde terça-feira, na costa norte da Madeira, foi encontrado com vida, depois de “um dia intenso de buscas”, disse hoje o comandante da Zona Marítima desta região autónoma.

“O pescador foi encontrado com vida ao final do dia [de quarta-feira], depois de um dia de intensas buscas”, afirmou Rodrigues Teixeira à agência Lusa.

Segundo o responsável, nas operações estiveram envolvidas duas embarcações, uma do Sanas (socorro no mar) e uma da Autoridade Marítima da Madeira (AMM), agentes da Polícia Marítima por terra e o helicóptero da Força Aérea sedeado no Porto Santo.

“Já no final do dia o pescador foi encontrado com vida, relativamente bem”, adiantou, acrescentando que o homem foi encontrado a 12 milhas náuticas a norte da freguesia de São Jorge, no norte da ilha da Madeira.

Rodrigues Teixeira referiu que o pescador, residente em Câmara de Lobos, “tem uma embarcação de pesca no norte e costuma sair pelo porto do Porto Moniz”.

Ao ser encontrado, foi levado de helicóptero para o Aeroporto da Madeira e depois transportado para o hospital Dr. Nélio Mendonça, no Funchal, “apenas por precaução”, acrescentou.

O comunicado emitido na quarta-feira pela autoridade marítima informava que o alerta para o desaparecimento foi dado pelas 10:42, através do Subcentro de Coordenação de Busca e Salvamento do Funchal.

“A vítima terá saído de casa durante a noite de terça-feira, 18 de outubro, para praticar a atividade da pesca no Porto Moniz, não tendo regressado a casa”, indicava o documento.