fbpx
Select Page
Portugal

Enfermeiros vão entrar em greve de zelo

Protesto avança no dia 1 de março e vai deixar os doentes que estão em macas nos corredores sem assistência.

21 Fevereiro, 2019 - 13:35

Patrícia de Freitas

Vem aí uma nova greve dos enfermeiros, distinta da paralisação nos blocos operatórios. A convocatória feita pela Federação dos Sindicatos de Enfermeiros (FENSE) tem como objetivo denunciar as más condições em que os pacientes são acomodados nas unidades hospitalares.

Por essa mesma razão, a partir de 1 de março, e por tempo indeterminado, os profissionais de enfermagem vão deixar de assistir os doentes que estejam em macas nos corredores.

O sindicalista José Correia de Azevedo, porta.voz da FENSE, explicou ao Jornal de Notícias que os hospitais “acomodam os doentes de qualquer maneira” e que os mesmos merecem “dignidade e respeito”.

Esta greve vai afetar ainda as cirurgias adicionais, o trabalho suplementar programado, a condução de viaturas dos centros de saúde e o cumprimento de notas de serviço, à exceção dos serviços mínimos.

Últimas

SHARE RECORD TV MAGAZINE

Record TV Europa