fbpx
Select Page
Portugal

Fingiu ser PJ para violar mulher

Homem usou falso mandado para entrar em casa das vítima.

8 Outubro, 2019 - 10:12

Virginia Galván

Um homem, de 56 anos, fingia ser inspetor da Polícia Judiciária, para ter acesso a casa de mulheres e violá-las.

O homem foi detido pela PSP de Lisboa e é suspeito “da prática dos crimes de violação, falsificação de documentos e posse de arma proibida”.

Fazendo-se passar por inspetor, utilizava mandados de busca e apreensão falsos, simulou uma investigação para ter acesso ao interior de uma casa e chegou mesmo a ameaçar a “vítima com arma de fogo para a obrigar à prática sexual”.

O suspeito tinha vários documentos falsificados, idênticos aos documentos formais e em uso nas Polícias, uma capa com símbolo do Exército, uma carteira profissional falsificada da Polícia Judiciária, telemóveis, pen-drive, computador e uma arma de fogo com munições.

O suspeito ficou em prisão preventiva.

PUB

Últimas

SHARE RECORD TV MAGAZINE

Receba a nossa Newsletter

Record TV Europa