Grávida baleada na Amadora

Grávida em férias impedida de praticar aborto devido a leis do país
PUB
Leaderboard - Pub CTT Western Union

Mulher de 23 anos foi atingida a tiro durante uma festa ilegal, com mais de 200 pessoas.

Uma grávida, de 23 anos de idade, foi ontem baleada durante uma festa ilegal na rua, com mais de 200 pessoas, na Damaia, Amadora.

A mulher foi atingida a tiro no baixo ventre e encontra-se internada, em situação estável, no Hospital Amadora-Sintra.

As autoridades foram acionadas para um tiroteio, mas quando chegaram ao local não encontraram ninguém.

Pouco depois, os agentes de serviço na Urgência do Amadora-Sintra deram conta da chegada da grávida baleada.

A mulher foi levada às urgências por um amigo, num carro particular, e nenhum soube explicar as circunstâncias em que a mulher foi baleada.

A PSP intercetou, na festa, um homem armado, mas não foi deita nenhuma detenção, por não haver nada que o relacionasse com o tiroteio.

A Polícia Judiciária está a investigar.