fbpx
Select Page
Portugal

Idosa morre depois de cinco horas nas urgências

Octogenária morreu na maca, na sala de espera do hospital de Aveiro.

6 Fevereiro, 2019 - 14:49

Virginia Galván

Maria Eduarda Tavares já se tinha deslocado ao hospital no sábado, queixando-se de dores em todo o corpo.

Mandaram-na para casa, mas a idosa de 80 anos regressou no dia seguinte, com as mesmas queixas.

Deram-lhe a pulseira verde, para casos pouco urgentes, e deitaram-na numa maca na sala de espera das urgências.

Ao fim de cinco horas, a mulher acabou por morrer, sem ter sido vista por um médico.

O hospital abriu um inquérito interno, apesar de considerar que não existiram incongruências no atendimento.

PUB

Últimas

SHARE RECORD TV MAGAZINE

Receba a nossa Newsletter

Record TV Europa