Ilibado condutor alcoolizado envolvido na morte de Sara Carreira

Anulada acusação no caso da morte de Sara Carreira
PUB
Leaderboard - Pub CTT Western Union

Ministério Público considerou que o condutor não teve culpa direta no desfecho do acidente.

Foi ilibado pela justiça o condutor que deu origem ao choque em cadeia, que acabou por provocar a morte de Sara Carreira.

O Ministério Público considerou que o condutor não teve culpa direta no desfecho do acidente.

O homem conduzia a 30 km/h na A1, com 1,18 g/l de álcool no sangue.

Os pais de Sara Carreira tinham pedido que fosse julgado pelo crime de homicídio por negligência grosseira, mas está apenas acusado de crime de condução perigosa.

Ivo Lucas e Cristina Branco são acusados do crime de homicídio por negligência.