Incêndios: Cozinheiro detido por fogo em Macedo de Cavaleiros

Polícia Judiciária
Foto Record TV

Um cozinheiro de 53 anos foi detido pela Polícia Judiciária por suspeita de ter ateado um incêndio florestal na zona de Macedo de Cavaleiros, no distrito de Bragança, informou hoje aquela polícia.

O homem está “fortemente indiciado pela prática de um crime de incêndio florestal” por factos que terão ocorrido na noite de 12 de julho, segundo informação divulgada pela PJ, em comunicado.

O incêndio, de acordo com a fonte, consumiu “área agrícola inculta” e “colocou em perigo habitações, armazéns agrícolas e diversas manchas florestais de valor considerável”.

Segundo a PJ, estes bens “apenas não foram consumidos devido à rápida intervenção dos bombeiros”.

O detido vai ser presente a interrogatório judicial para aplicação das medidas de coação tidas por adequadas, indica ainda a fonte.