Jovem desaparecida na Póvoa do Varzim encontrada pela PJ

Polícia Judiciária
Foto Record TV

A mãe o padrasto da jovem de 15 anos foram detidos em flagrante delito pelo crime de sequestro agravado. 

Em comunicado, a Polícia Judiciária informou que em final de setembro deste ano, os dois arguidos “induziram uma menor, filha de um deles”, a fugir da instituição onde esta estava acolhida para sequestrá-la, impedindo-a da “da sua liberdade de locomoção, sem poder sair, ir à escola ou conviver com outras pessoas”.  

A PJ explica ainda que os suspeitos alegaram sempre desconhecer o paradeiro da jovem.

“Enquanto mantinham a menor privada da sua liberdade, desdobraram-se no envio de e-mails para as mais diversas entidades e entrevistas à comunicação social alegando sempre desconhecer o seu paradeiro”, explica em comunicado.

O padrasto, de 43 anos e a mãe, de 31, serão agora presentes a um juiz para aplicação das medidas de coação tidas por adequadas.

Quanto à jovem, a PJ adiante que foi entregue à instituição onde se encontrava institucionalizada, o Instituto Madre Matilde.