Julgamento da extradição de João Rendeiro adiado para junho

João Rendeiro regressa a tribunal a 21 de janeiro

Nova sessão marcada para fevereiro para discutir medidas.

A decisão de extradição do ex-presidente do Banco Privado Português vai ser discutida entre 13 a 30 de junho.

Em fevereiro, haverá nova sessão em tribunal para discutir as medidas a aplicar a João Rendeiro.

Detido a 11 de dezembro na cidade de Durban, após quase três meses fugido à justiça portuguesa, Rendeiro foi presente ao tribunal de Verulam, que decretou no dia 17 de dezembro prisão preventiva.