Mais de 54 mil estrangeiros pediram a nacionalidade portuguesa em 2021

SEF detém 12 cidadãos estrangeiros no aeroporto de Lisboa

Serviço de Estrangeiros emitiu 46.855 pareceres positivos, a maioria a cidadãos de Israel e do Brasil.

O Relatório Anual de Segurança Interna (RASI) de 2021, aprovado esta semana pelo Conselho Superior de Segurança Interna e entregue na Assembleia da República, dá conta que no passado se registou uma diminuição do número de pedidos de nacionalidade portuguesa, num total de 54.288.

O relatório indica que o SEF emitiu 47.278 pareceres, 46.855 dos quais positivos e 423 negativos.

De acordo com o RASI, as nacionalidades mais representativas foram de Israel (20.252), Brasil (11.109), Cabo Verde (2.242), Ucrânia (1.285), Angola (1.277), Venezuela (1.023), Argentina (1.004), Índia (967) e Guiné-Bissau (768).

O número de pedidos efetuados no âmbito da aquisição de nacionalidade portuguesa por naturalização representou 73,5% do total e a aquisição por casamento 12,2%.