Marco ‘Orelhas’ detido pela PJ

Funcionário abusava de crianças na escola em Alfândega da Fé
PJ

Polícia Judiciária realizou megaoperação por homicídio de adepto nos festejos do campeonato.

A Polícia Judiciária deteve hoje Marco “Orelhas” e outras oito pessoas, numa megaoperação no âmbito da morte de um adepto nos festejos do título do FC Porto.

A PJ informa que foi possível recolher indícios de que os suspeitos detidos “atuaram em conjugação de esforços nas agressões que provocaram a morte do jovem”.

Durante a operação, foram cumpridos 13 mandados de busca domiciliária e 9 de detenção.

Recorde-se que o adepto Igor Silva foi morto durante os festejos do FCP campeão na passada madrugada do dia 8 de maio.

Os detidos serão presentes a primeiro interrogatório antes de conhecerem as medidas de coação.