Maus-tratos: Idosa filmada com corpo coberto de formigas morre semanas depois

Maus-tratos: Idosa filmada com corpo coberto de formigas morre semanas depois
Envato

Idosa acamada num lar da Santa Casa da Misericórdia de Boliqueime que foi filmada com o corpo coberto de formigas, acabou por morrer. O Ministério Público já abriu um inquérito para investigar o caso.

São imagens perturbadoras registadas por uma funcionária do Lar da Santa Casa da Misericórdia de Boliqueime. No vídeo é possível ver a idosa acamada com o corpo coberto de formigas.

Centenas de insetos a percorrerem o rosto, mãos, barriga e pernas. Na anca, a idosa de 86 anos tinha ainda uma grande ferida aberta.

De acordo com o relato da funcionária, o filho de Florinda Queiroz já teria apresentado várias queixas de maus-tratos junto do lar de Santa Casa e não terá tido resposta. A idosa chegou à instituição em abril deste ano vinda de um hospital e este vídeo foi registado em junho. Sabe-se ainda que a idosa morreu um mês depois.

Após o caso ter sido tornado público, a Santa Casa esclareceu num comunicado, que a instituição teve conhecimento do episódio na semana passada. Admite que o vídeo documenta uma negligência grave e que abriu um inquérito para apurar os responsáveis pela situação, que descreve como “inadmissível”.

A Provedoria da Santa Casa garante que irá ser implacável com a punição.

Mais tarde foi feita uma queixa por negligência e maus-tratos ao Instituto da Segurança Social. No passado dia 7 de setembro foi feita uma fiscalização com o apoio de elementos de Saúde Pública para aferir as condições em que se encontravam os utentes do lar. Mas a inspeção não detetou qualquer irregularidade.

A Santa casa da Misericórdia refere ainda que foi apresentada uma queixa-crime contra a autora que filmou e divulgou o vídeo nas redes sociais. Avisa que a trabalhadora em causa é suspeita de não ter prestado o adequado cuidado à utente.

Entretanto, o caso também já está a ser investigado pelo Ministério Público