fbpx
Select Page
Portugal

Mulher condenada por obrigar menor a prostituir-se no Porto

Vítima, na altura de 17 anos foi raptada no Gana e transportada por traficantes para Portugal.

15 Março, 2019 - 19:13

Anabela Benedito

Uma mulher foi esta sexta-feira condenada a seis anos de prisão pelo crime de tráfico de pessoas para exploração sexual e obrigada a indemnizar a vítima, de 17 anos, no valor de 100 mil euros.

Uma investigação do Serviço de Estrangeiros e Fronteiras que decorreu no Porto, em 2017 permitiu apreender documentação, dinheiro, assim como equipamentos eletrónicos da suspeita. Na altura que decorreram as buscas, a vítima de exploração sexual já tinha sido acolhida numa instituição.

Em comunicado, o SEF revela que a menor foi raptada no Gana, mantida em cativeiro e transportada até à Líbia. Durante o trajeto, incluindo no deserto, foi alvo de vários abusos, tendo depois sido colocada por traficantes de pessoas num barco com destino a Itália.

Quando chegou ao país europeu, “a menor foi documentada e acolhida num centro de imigrantes. Dois traficantes, da mesma nacionalidade da vítima colocaram-na num apartamento em Roma, Itália, onde foi novamente alvo de abusos”, anuncia o SEF.

A seguir, dois dos exploradores levaram a menor até à cidade do Porto, onde a menor foi mantida numa casa. Foi obrigada a prostituir-se nas ruas, sob controlo direto e presencial da exploradora, e todos os ganhos dessa atividade revertiam a favor da suspeita.

O SEF explica ainda que a menor mantinha relações sexuais com cerca de 10 homens por noite, durante o período em que foi explorada. A vítima de exploração sexual já foi documentada assim como legalizada em território nacional.

Últimas

SHARE RECORD TV MAGAZINE

Receba a nossa Newsletter

Record TV Europa