Mulher que incendiou casa com filhos lá dentro ficou em liberdade

Polícia Judiciária
Foto Record TV

Mulher foi ontem detida pela PJ.

O Tribunal de Barcelos deixou hoje em liberdade uma mulher suspeita de atear fogo à sua habitação com os quatro filhos menores lá dentro, mas proibiu-a de contactar com as crianças, disse fonte da Polícia Judiciária.

Segundo a fonte, a arguida terá ainda de abandonar a habitação, situada em Vila Frescaínha S. Martinho, concelho de Barcelos.

Fica igualmente proibida de frequentar aquela freguesia.

A mulher, de 36 anos, foi detida na quarta-feira pela Polícia Judiciária (PJ), depois de na véspera ter alegadamente ateado fogo à sua habitação.

Segundo a PJ, a mulher agiu por motivos passionais e num quadro de violência doméstica.

O incêndio provocou a “destruição parcial” do imóvel.

“Não fosse o rápido alerta por populares e a pronta intervenção dos bombeiros e o incêndio teria consumido todo o edificado”, sublinha a PJ, em comunicado.

Uma das filhas da mulher teve de receber tratamento hospitalar, por inalação de fumos.

As quatro crianças ficam, entretanto, ao cuidado do pai, tendo já sido aberto um processo de promoção e proteção de menores, que decidirá sobre o seu futuro.