fbpx
Select Page
Portugal

Nova greve dos trabalhadores da TST marcada para 11 e 12 de junho

Os trabalhadores da Transporte Sul do Tejo marcaram nova paralisação com o objetivo de reivindicar o aumento do salário e a redução da carga horária.

21 Maio, 2019 - 14:10

Record TV

“Os trabalhadores decidiram fazer uma nova greve de 48 horas porque não concordam com a proposta feita pela empresa, entendem que é uma provocação tendo em conta os baixos salários praticados e pensam que a TST está em condições para chegar mais além”, adiantou à Lusa João Saúde, da Fectrans – Federação dos Sindicatos de Transportes e Comunicações.

Ontem, no segundo e último dia de greve, cerca de 250 colaboradores da TST participaram num protesto em Almada contra os “ordenados baixos” do Setor na Área Metropolitana de Lisboa.

Os trabalhadores reivindicam o aumento salarial dos atuais 673 euros para 685 euros, além da implementação de um sistema de folgas rotativo, o que os trabalhadores consideram insuficiente.

Apesar de idealizarem um salário base de 750 euros, segundo Fernando Fidalgo, reivindicam “já e de imediato 700 euros na tabela salarial com retroativos a janeiro deste ano”.

A adesão da greve de ontem registou uma adesão de cerca de 95% dos trabalhadores e a supressão das carreiras entre Setúbal e Lisboa. Porém, a empresa apenas contabiliza 77,8%.

PUB

Últimas

SHARE RECORD TV MAGAZINE

Receba a nossa Newsletter

Record TV Europa