fbpx
Select Page
Portugal

Metro adota estratégias para responder ao aumento de passageiros

Transportes públicos querem compensar o aumento do número de passageiros. A Record TV foi até ao metro de Lisboa fazer uma viagem.

14 Junho, 2019 - 17:12

Diogo Ramalho

15 minutos e uma só viagem bastaram para perceber algumas das fragilidades do Metropolitano de Lisboa…

Pouco passava das 11 horas da manhã, já fora da habitual hora de ponta, quando subitamente ficámos parados cinco minutos na estação da Praça de Espanha, o tempo necessário para o comboio parar no cais, ser desligado e novamente ligado sem qualquer explicação.

A implementação do novo passe social desde abril, com custos reduzidos e de fácil acesso a qualquer pessoa, veio obrigar o metropolitano a adotar estratégias para acompanhar o aumento do número de passageiros.

Retirar bancos das carruagens para ganhar espaço e aumentar a velocidade do comboio foram algumas das novas estratégias. O metro quer começar a circular de 45 para 60 quilómetros por hora.

O Metropolitano de Lisboa defende no entanto que a medida da remoção de bancos não é de agora. O projeto é de 2017, e o objetivo é ganhar espaço para transportar bagagens.

Advertisements

Últimas

SHARE RECORD TV MAGAZINE

Receba a nossa Newsletter

Record TV Europa