Padre suspeito de violar mulher

Padre suspeito de violar mulher
Envato

O Patriarcado de Lisboa afastou um padre suspeito de ter violado uma mulher. O caso já foi entregue às autoridades competentes.

É um caso recente e a vítima é maior de idade. A denúncia de violação por parte de um padre levou o Patriarcado de Lisboa a afastar o sacerdote de todas as suas funções até que os factos sejam apurados.

Como o caso não se enquadra no âmbito da Comissão de Proteção de Menores, a denúncia foi comunicada às autoridades civis para investigarem o teor da denúncia. Há suspeitas de que o padre terá violado uma mulher.

Sabe-se que o alegado crime terá acontecido em julho e que os dois tinham uma ligação há vários anos ainda antes de o suspeito ter sido ordenado padre.

Em comunicado, o Patriarcado refere ainda estar disponível para colaborar com as autoridades competentes para que a verdade seja apurada.