fbpx
Select Page
Portugal

Piloto de avioneta que caiu na Caparica acusado de duplo homicídio

Ministério Público acusa sete pessoas da morte de homem e menina.

1 Julho, 2019 - 16:52

Virginia Galván

O Ministério Público de Almada acusou sete pessoas pela morte de duas pessoas na praia de São João da Caparica, a 2 de agosto de 2017.

Um homem e uma menina de oito anos foram atingidos por uma avioneta que teve uma falha de motor e fez uma aterragem de emergência no areal.

O piloto da avioneta está acusado de duplo homicídio.

Carlos Conde D´Almeida vai responder pela morte das duas pessoas e também por um crime de condução perigosa.

As outras seis pessoas acusadas são três funcionários da Autoridade Nacional da Aviação Civil, entre as quais o presidente Luís Silva Ribeiro e o diretor de Segurança Operacional, Vítor Rosa, e ainda três elementos da escola de aviação Aerocondor, a que pertencia o aparelho.

Últimas

SHARE RECORD TV MAGAZINE

Receba a nossa Newsletter

Record TV Europa