fbpx
Select Page
Portugal

Polícias exigem pedido de desculpas da IGAI

Em causa um erro que inflacionou o número de feridos civis de 1 para 30 no relatório da Inspeção-Geral da Administração Interna.

9 Setembro, 2019 - 13:24

Carla Pereira Dias

O Movimento Zero, que concentra agentes da PSP e militares da GNR, exige um pedido de desculpas da Inspeção-Geral da Administração Interna. Em comunicado, escrevem que “ face ao sucedido, conseguiram denegrir ainda mais a imagem destes profissionais”. Deixam duras críticas à IGAI, “os senhores que fiscalizam a nossa atividade são implacáveis pois aos seus olhos e mesmo nas piores circunstâncias, estes profissionais não podem jamais cometer “lapsos”.”

No mesmo comunicado exigem um pedido de desculpas, a responsabilização dos autores deste lapso e, ainda, que a IGAI fiscalize tudo o que tem sido denunciado pelo Movimento Zero.

A notícia surpreendeu tudo e todos na semana passada quando a Inspeção-Geral da Administração Interna admitiu um “lapso” nos números publicados no relatório anual de 2018.

O documento salientava que no ano passado o número de processos abertos por alegadas agressões de agentes da PSP a civis batia um recorde de registos. No entanto, o número não era 30 mas apenas um.

A correção só existiu depois de a PSP ter estranhado os números e de o Diário de Notícias ter questionado a IGAI. Em resposta, o subinspetor-geral admitiu o “lapso”.

PUB

Últimas

SHARE RECORD TV MAGAZINE

Receba a nossa Newsletter

Record TV Europa