Portugal deita ao lixo quatro toneladas de roupa todas as semanas

Portugal deita ao lixo quatro toneladas de roupa todas as semanas
Envato
PUB

Números que dão conta da necessidade cada vez mais urgente de um sistema de reciclagem para os resíduos têxteis.

Todas as semanas são deitadas ao lixo quatro toneladas de roupa em Portugal, números da Agência Portuguesa do Ambiente, divulgados pelo Jornal de Notícias.

De acordo com a publicação, no ano passado foram produzidas mais de 230 mil toneladas de resíduos, entre o que é originado pelas famílias e pela indústria e outros setores.

A explicar os números podem estar os comportamentos de consumo, essencialmente baseados na indústria da chamada Fast-Fashion, pautada por artigos têxteis a preços acessíveis com um tempo de vida mais curto…. mas também a falta de alternativas para os resíduos deste tipo.

Em Portugal, não é possível fazer a triagem e a reciclagem dos artigos têxteis, sendo que grande parte dos resíduos têxteis é incinerada, com o objetivo de produzir energia elétrica.

É esperado que o ministério do Ambiente inicie a curto prazo projetos-piloto de recolha seletiva para a roupa, tal como acontece com o papel, o plástico e o vidro… numa tentativa de cumprir os prazos da União Europeia que determinou que até 2025, será obrigatória a recolha e seleção da roupa descartada, de forma a diminuir o impacto ambiental provocado pela indústria têxtil.