fbpx
Select Page
Portugal

Prisão preventiva para a homicida da Moita

Foi decretada a medida de coação mais gravosa para mulher que atirou óleo a ferver ao namorado e que o matou com duas facadas. Ana Manuela vai aguardar julgamento no Estabelecimento Prisional de Tires.

12 Novembro, 2019 - 18:02

Carla Pereira Dias

Ana Manuela vai aguardar o desenrolar do processo em prisão preventiva no Estabelecimento Prisional de Tires. A medida de coação foi decretada na tarde desta terça-feira, após ser presente a primeiro interrogatório judicial.

A suspeita de homicídio qualificado do namorado de 27 anos de idade entregou-se no posto da GNR após o crime, alegando que agiu em legítima defesa durante uma discussão com o parceiro. Foi detida pela Polícia Judiciária de Setúbal depois de ter sido assistida no Hospital do Barreiro.

A investigação ao caso prossegue a cargo da PJ.

Veja a reportagem da Record TV no local aqui.

 

Últimas

SHARE RECORD TV MAGAZINE

Record TV Europa